The block construction of Etherna allows for very easy content creation. Some things just cannot be made easier.

Óleo de Baobá

A árvore gigante Baobá, citada como motivo da destruição de um planeta fictício  na história do livro “Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry, na verdade é cercada por muitos mitos e lenda, além de possuir diversas propriedades benéficas a todos.

 

O Baobá possui oito espécies, sendo que seis delas são nativas da ilha africana de Madagascar, uma da Austrália e uma da Índia. O Baobá é cultivado hoje em dia pelo mundo, principalmente na região equatorial.

Essa árvore chega a ter 25 metros de altura e cerca de 20 metros de diâmetro.  Durante os meses de chuva, o tronco oco e resistente ao fogo do Baobá armazena água (até 120 mil litros!). O tronco oco também é usado como abrigo para alguns animais, casas para pessoas e já chegou a ser usado como cadeia na Austrália.

Na África o Baobá é uma árvore sagrada, representa a preservação da cultura e é objeto de culto. Acredita-se que o Baobá é uma testemunha viva da história, pois essa árvore pode viver cerca de seis mil anos. Por ser uma das árvores mais antigas da Terra, uma das lendas que o cerca é de que o Baobá foi a primeira árvore criada por Deus. Dizem as lendas que o Baobá, por reclamar a Deus que as outras árvores eram mais bonitas que ele, foi castigado sendo virado de cabeça para baixo. Por esse motivo, seus galhos se parecem com raízes e permanecem sem folhagem normalmente por nove meses do ano. Até hoje na África pessoas ficam em baixo de Baobás e escutam os conselhos da árvore.

O fruto do Baobá (a mukua) possui sementes de onde é extraído um precioso óleo incrivelmente nutritivo contém cinco vezes mais potássio do que as bananas, três vezes mais cálcio do que o leite, seis vezes mais vitamina C do que as laranjas e três vezes mais antioxidantes do que os mirtilos.

 

A Focus Química, juntamente com sua representada Plantus, disponibiliza ao mercado cosmético o Óleo de Baobá, rico em vitaminas C e E e de alto poder antioxidante, cicatrizante e calmante, que pode ser utilizado em diversas formulações e skincare e haircare.

Ficha Técnica

INCI: Adansonia digitata oil and Hydrogenated Vegetable Oil.

Origem: o Baobá possui 8 espécies, sendo 6 nativas de Madagascar,  1 da Austrália e 1 da Índia.

Propriedades: os frutos são ricos em Vitaminas C e E e de suas pequenas sementes é obtido o óleo precioso de propriedades únicas: antioxidantes, anti-inflamatórias, cicatrizantes,  antialérgicas, emoliente e calmante. Restaura a elasticidade e flexibilidade da pele, previne estrias e lábios rachados com um toque não oleoso.

Usos: formulações cuidados pessoais e cuidados do corpo, ideal para peles irritadas, secas e maduras, manteigas corporais, balms, batom, gloss, óleos de massagem, cremes para peles maduras, óleos pós banho, loções pós sol, cuidados do cabelo e óleo de reparação para unhas quebradiças.

Concentração de uso indicada: de 1 a 10%.